Rodrigo Caio é a “novidade” de Tite para jogos contra Argentina e Peru

Foto: CBF
Foto: CBF

O técnico Tite anunciou nesta sexta-feira (21) a convocação da seleção brasileira para os jogos contra a Argentina e o Peru pela próximas duas rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo da Rússia de 2018. A grande novidade entre os convocados foi o retorno do zagueiro Rodrigo Caio, do São Paulo, que esteve presente na primeira lista do treinador após a Olimpíada.

Ao todo, 24 nomes foram chamados, número maior do que o comum. O preparador físico Fábio Mahseredjian explicou a decisão da comissão técnica.

“De respeito ao Casemiro, ele sofreu uma lesão no dia 18 de setembro contra o Espanyol. Trauma muito forte, fratura na fíbula da perna esquerda. Estive em Madri, fui observar ele e outros atletas. Conversei com o departamento médico do Real. Ele trabalha na piscina, musculação e bola na fisioterapia. Na segunda passará por exame de imagem. Decidimos convocar e observar. Estando tudo bem, já treina no campo, mas não com o grupo. Vai depender da evolução dele e dar continuidade”, justificou.

O clássico contra a Argentina será às 21h45 (de Brasília) do próximo dia 10 de novembro e marcará o reencontro da seleção brasileira com o Mineirão – no último jogo no estádio, o Brasil sofreu o infame 7 a 1 da Alemanha. A partida contra o Peru será no dia 15, fora de casa.

Confira a lista completa

Goleiros: Alex Muralha (Flamengo), Alisson (Roma) e Weverton (Atlético-PR); Laterais: Daniel Alves (Juventus), Fagner (Corinthians), Filipe Luís (Atlético de Madri) e Marcelo (Real Madrid) Zagueiros: Gil (Shandong Luneng), Marquinhos (PSG), Miranda (Inter de Milão), Thiago Silva (PSG) e Rodrigo Caio (São Paulo);

Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid), Fernandinho (Manchester City), Giuliano (Zenit), Lucas Lima (Santos), Paulinho (Guangzhou Evergrande), Philippe Coutinho (Liverpool), Renato Augusto (Beijing Guoan) e Willian (Chelsea);

Atacantes: Douglas Costa (Bayern de Munique), Gabriel Jesus (Palmeiras), Neymar (Barcelona) e Roberto Firmino (Liverpool).

Fonte: UOL

Comentários