Ricardo Goulart rescinde contrato com o Palmeiras e retorna à China

Ricardo Goulart não joga mais pelo Palmeiras. Segundo informações do Verdão, o Guangzhou Evergrande solicitou o retorno do jogador à China e ofereceu a renovação de contrato por mais cinco temporadas – o vínculo atual vai até o fim de 2020.

A direção alviverde assegura o Palmeiras será ressarcido pelos chineses por conta do rompimento do vínculo com Goulart. Ao todo, o clube calcula que vai “economizar” cerca de R$ 14 milhões referentes aos vencimentos do jogador. Ele estava emprestado até dezembro de 2019.

O rompimento de Ricardo Goulart com o Palmeiras ocorre durante o período de recuperação do jogador após ser submetido a uma cirurgia no joelho direito.

O meia-atacante sofreu a lesão na estreia no Campeonato Brasileiro, contra o Fortaleza, dia 29 de abril, na arena, e ficaria dois meses afastado, de acordo com o departamento médico do Verdão.

Na última terça-feira, o corpo clínico do Palmeiras avaliou como positiva a recuperação física do jogador. Apesar de ter sido extensa a parte retirada do menisco (que funciona como um amortecedor do joelho), o Verdão entende que a cirurgia não comprometerá o desempenho ou a longevidade da carreira de Ricardo Goulart.

Segundo pessoas próximas ao atleta, a questão física também não preocupa a médio e longo prazo. Tanto que a renovação com o clube chinês, que é o terceiro colocado no torneio local e está oito pontos atrás do líder, será válida por cinco anos. A negociação para ampliação de contrato foi conduzida pelo agente Paulo Pitombeira e vai render um grande reajuste salarial para o ex-palmeirense.

Principal contratação do clube para 2019, Ricardo Goulart realizou 12 partidas pelo Verdão e marcou quatro gols.

Por Felipe Zito e Tossiro Neto/Globoesporte.com

Comentários