Revelações do Vitória da Conquista atuam hoje em clubes das Séries A e B do Brasileirão

O zagueiro Izael, que ainda da categoria Sub-20 foi emprestado ao Internacional de Porto Alegre.

O ano de 2016 não foi dos mais fáceis para o ECPP Vitória da Conquista, pois começou o ano sem estádio na cidade, tendo que mandar seus jogos na cidade de Ilhéus, distante quase 300 km de sua sede enquanto disputava duas competições: o baiano e a Copa do Nordeste.

Apesar disso o time conseguiu fazer uma boa campanha na Copa do Nordeste, mas no baiano acabou correndo até risco de rebaixamento.

Depois, ficou sem competição oficial até o final do ano, quando disputou a Copa Governador do Estado. Nesta, mostrou a sua força e foi pentacampeão.

Mas apesar dos problemas do início da temporada, foi um ano muito bom no sentido de revelação de jogadores da base. O primeiro deles foi o zagueiro Izael, que ainda da categoria Sub20 foi emprestado ao Internacional de Porto Alegre. E em pouco tempo, não só assumiu a titularidade, já tendo inclusive conquistado um título em torneio na Europa, como também assumiu o posto de capitão do time.

Lateral direito Ronilson de 18 anos foi para o Esporte Clube Vitória por empréstimo de um ano.

Outro que se revelou no segundo semestre de 2016 e já está em outro clube foi o lateral direito Ronilson. O lateral direito, de 18 anos foi para o Esporte Clube Vitória por empréstimo de um ano. Ronilson se destacou nas categorias de base do clube  e foi o titular da posição da equipe Campeã da  Copa Governador do Estado de 2016.

Por fim, no início desta semana, o atacante Halef, artilheiro da Copa do Estado 2016 foi negociado com o Cruzeiro, e assinou contrato de 3 anos com a Raposa.

São exemplos da seriedade do trabalho que é realizado pelo alviverde, dando um olhar especial para o as divisões de base e focando sempre em valorizar a prata da casa.

O atacante Halef, artilheiro da Copa do Estado 2016 foi negociado com o Cruzeiro

Esses foram apenas alguns dos jovens valores que passaram e muitos que ainda estão no alviverde, lutando por um futuro melhor dentro desse esporte, que ainda é considerado o esporte do povo brasileiro.

Por Site Oficial do ECPP

Comentários