Reunião na FBF sela retorno do Camaçari Futebol Clube ao futebol Baiano

Após cerca de quatro anos em inatividade, um dos clubes mais tradicionais do futebol baiano está de volta. O Camaçari Futebol Clube estará presente nas competições locais da temporada 2017.

O retorno da equipe camaçariense foi selado nesta terça-feira (17), em reunião na sede da Federação Bahiana de Futebol (FBF). O encontro contou com as participações do presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues, do vice-presidente, Ricardo de Lima, do subdiretor administrativo e financeiro da entidade, Marcelo Araújo, do presidente do clube, Fernando Lopes, e ainda do secretário de Esportes de Camaçari, Rui Magno, e o subsecretário da pasta.

Na oportunidade ficou decidido que o Camaça, como é carinhosamente chamado por seus torcedores, disputará a Série B do Baianão 2017 e tentará o retorno à elite do estadual. Além disso, o time azul e branco também participará do Baianão Sub-20, previsto para ser iniciado em março.

Ainda na reunião, os dirigentes também discutiram a situação do Estádio Armando Oliveira, mando de campo do Camaçari. O secretário Rui Magno garantiu que a nova prefeitura do município realizará obras de recuperação da praça esportiva, um dos cartões postais da cidade, para que o clube possa atuar no local.

História – Apesar de fundado em 1968, o Camaçari se profissionalizou em 1989, ainda com o nome de Fluminense Futebol Clube de Camaçari. Dois anos depois, em 1991, mudou o nome para Camaçari Futebol Clube.

Nos seus 22 anos de história no futebol profissional da Bahia, o Camaça conquistou três títulos. Foram elas duas edições da então 2ª Divisão do Campeonato Baiano, nos anos de 1991 e 1997, e uma Taça Estado da Bahia, em 1999.

O clube brilhou ainda no cenário nacional, quando disputou a Copa do Brasil de 1999 e eliminou o Paraná Clube na primeira fase. Na fase seguinte, foi desclassificado pelo Internacional, mas com atuações de igual para igual contra o Colorado. O Camaçari também faz parte do hall dos clubes baianos que já disputaram a Série D do Brasileirão, com uma participação no ano de 2005.

Por FBF

Comentários