Renato diz que sua hora vai chegar na Seleção e revela papo com Tite

Crédito Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Com a eliminação na Copa do Mundo para a Bélgica, nas quartas de final, o Brasil ainda não tem definido o técnico para iniciar o novo ciclo para o Mundial de 2022. Apesar de formalizar um pedido de permanência ao técnico Tite, segundo a Folha, a CBF ainda não recebeu uma resposta do comandante. Especulado para ser o futuro técnico da Seleção, Renato Gaúcho deu entrevista coletiva neste domingo (8 de julho) e falou sobre o assunto.

Logo após a derrota por 2 a 1 para o Corinthians, em jogo amistoso, o treinador do Grêmio foi sincero ao abordar o tema. Segundo ele, apesar de estar preparado para o maior sonho da carreira, o momento de iniciar a trajetória ainda não chegou. Para o comandante do Imortal, a torcida é para a manutenção do trabalho de Tite à frente do Brasil:

“Tenho um sonho de treinar a Seleção Brasileira. Todo treinador tem que ter. Se o jogador tem o sonho de chegar, o treinador também tem. Eu sei que um dia minha hora vai chegar. Sinceramente, o Tite fez um excelente trabalho. Torço para que ele continue à frente da Seleção Brasileira”, afirmou Renato, falando também sobre o que precisa fazer para assumir o cargo nos próximos anos:

“A minha chance na Seleção eu sei que vai chegar, não vai ser agora, mas vai chegar. Tenho que continuar ganhando títulos aqui no Grêmio, que mais cedo ou mais tarde vai chegar. O jogador está preparado quando ele joga bem e ganha títulos. O treinador está preparado quando ele faz um grande trabalho no clube e ganha títulos. Estou preparado, mas não é a hora. Deixa o Tite dar continuidade”, finalizou.

Por FOX Sports

Comentários