Presidente do Fluminense promove vaquinha, e jogadores dividem quantia com funcionários

Foto: Lucas Merçon / Fluminense F.C.

Com dois meses de salários e cinco de imagem em atraso, o presidente do Fluminense, Pedro Abad, promoveu uma vaquinha entre torcedores ilustres para amenizar a situação. Aproximadamente R$ 150 mil foram arrecadados e distribuídos nesta terça-feira (20) no CT do clube.

Após conceder entrevista coletiva nesta quarta-feira (21), o volante Jadson revelou que os atletas resolveram dividir a quantia com os outros funcionários.

“Quanto a esta vaquinha, jamais vamos criticar qualquer tipo de ajuda que venha ao elenco. Passamos por um momento difícil e toda ajuda é bem vinda. Tanto que pegamos este valor e dividimos por todos os funcionários da área do futebol. Não é só com palavras que demonstramos que todos estamos no mesmo barco. Todos nós damos o nosso melhor, mas também é com este tipo de ato que demonstramos que todo mundo está no mesmo barco. Fico triste porque são pessoas que falam que amam o clube, mas criando esse tipo de picuinha, não ajudam em nada. Não é assim que vamos resolver nossos problemas”, explicou, segundo o GloboEsporte.com.

A dívida com os atletas já chega a quase R$ 11 milhões. No entanto, a direção não dá previsão de data para regularizar a situação.

Bahia e Fluminense se enfrentam nesta quinta-feira (22), às 20h (horário da Bahia), na Arena Fonte Nova, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube carioca é o 13º com 42 pontos. O Esquadrão de Aço é o 11º com 44.

Por Bahia Notícias

Comentários