Presidente da FBF não teme que mudanças do calendário acabem com Campeonato Baiano

Ednaldo Rodrigues - Presidente da FBF
Ednaldo Rodrigues – Presidente da FBF

O futebol sul-americano vive um momento de alterações no seu calendário. A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) anunciou alterações na Libertadores e na Copa Sul-Americana, que refletirão diretamente no itinerário do futebol nacional. Com essas alterações, no entanto, o presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), Ednaldo Rodrigues, não teme que o Campeonato Baiano seja extinto.

“O futuro dos campeonatos estaduais, em curto prazo, será dentro desta filosofia: menos datas e, consequentemente, menos partidas. Em compensação, jogos mais importantes e decisivos que despertarão o grande interesse dos torcedores”, afirmou Ednaldo.

Os estaduais no país já vivem um enxugamento considerável. Com 56 jogos, por exemplo, o Campeonato Baiano precisou diminuir o número de clubes participantes. A edição de 2017 terá 11 clubes – um a menos em relação aos últimos torneios. O intuito é que em 2018 apenas 10 clubes disputem a competição da Bahia.

Fonte: Bahia Notícias

 

Comentários