Ponte faz acordo e libera Zé Roberto para atuar por outra equipe em 2017

Mesmo com contrato até o fim do Campeonato Paulista, atacante vai defender uma camisa diferente na próxima temporada, pois não há interesse na sua permanência

Zé Roberto deixa a Macaca com cinco jogos e sem gols na temporada (Foto: Fábio Leoni / PontePress)

A Ponte Preta abriu mão de um jogador que tinha contrato para atuar no Campeonato Paulista. Sem interesse em manter Zé Roberto no elenco, a diretoria da Macaca fez um acordo com o atacante, que foi emprestado pelo Bahia na metade da temporada. Ele foi liberado para atuar por outra equipe a partir de janeiro de 2017.

– O Zé Roberto deve disputar o campeonato por outra equipe. Existe um consenso de todas as partes. Neste caso, Bahia, Ponte Preta, Elenko e jogadores – explicou o empresário Guilherme Miranda, da Elenko Sports, empresa que cuida de alguns jogadores que possuem ou já tiveram vínculo com a Macaca.

O atacante de 23 anos surgiu na base do Bahia e chegou à Ponte como uma alternativa atática pedida pelo técnico Eduardo Baptista. No Moisés Lucarelli, porém, Zé Roberto teve poucas chances. Foram apenas cinco jogos com a camisa alvinegra, sendo que apenas um – justamente o último do Brasileiro, contra o Coritiba – como titular. Nos demais (Atlético-MG, Cruzeiro, Sport e Botafogo), saiu do banco para atuar.

Sem Zé Roberto, o elenco da Ponte perde uma peça ofensiva para a temporada que vem, que reserva as disputas do Campeonato Paulista, da Copa do Brasil, da Sul-Americana e do Brasileirão. Por enquanto, o clube conta com Clayson, Erick Salles, Ramon e Pottker. A Macaca gostaria de ficar com Rhayner e ainda sonha com a volta de Luis Fabiano, que é disputado por outras equipes brasileiras.

Jonas (irmão de Zé Roberto), Zé Roberto e seu pai, Beto.

Por Globoesporte.com

Comentários