Parceria trás jogadores Árabes para o time do Vitória da Conquista

Luis Antonio Zaluar

Quando surgiu, em 2005, o Vitória da Conquista tinha entre seus objetivos, realizar um trabalho de base para revelar novos jogadores, e por isso, investir na base era uma peça fundamental, que, entre outras coisas, poderia abrir novos horizontes para o clube através de parcerias.

Ao longo deste período, diversos jogadores foram revelados e encaminhados para clubes importantes doo futebol brasileiro e mundial, como Internacional, Cruzeiro, Fluminense, Ponte Preta, Atlético Paranaense, Atlético de Madri, entre dezenas de outros.

Além dos que saem, o clube se tornou referência para atletas que estão iniciando carreira, e vários já vieram inclusive de outros países como Japão, Colômbia e Bolívia. Agora é vez do ECPP receber três atletas vindos da Arábia Saudita.

Abdulhaman

Está prevista para o início da próxima semana a chegada de quatro atletas que atuaram pelo Al Wehda Club, que é treinado por Fábio Carile ex-Corinthians e que tem e seu elenco atletas conhecidos no futebol brasileiro, como Marcos Guilherme ex-São Paulo, Renato Araújo ex-Fluminense/RJ e Otero ex-Atlético Mineiro.

Estarão desembarcando na cidade o volante Alla, o lateral direito Khalid e o zagueiro Abdulhaman para uma experiência até o final do ano.

Também virá a Conquista para conhecer as instalações do clube o Treinador Fawzi, que permanecerá na cidade por uma semana. Atletas e treinador são agenciados pelo agente FIFA Ibrahim Moussa.

Essa parceria está sendo feita graças a participação importante do treinador Luís Antônio Zaluar, que também ficará uma semana na cidade.

Khalid

Zaluar é conhecedor do trabalho do ECPP e já trabalhou no futebol baiano dirigindo a Juazeirense na Série C do Campeonato Brasileiro e Campeonato Baiano 2018. Ele deu seus primeiros passos Botafogo do Rio de Janeiro.

Depois, passou por diversos clubes brasileiros seguindo a carreira, comandando o Campinense, Londrina, Joinville, Vitória, Paysandu, Fluminense, Fortaleza, Caxias, entre outros.

Chegou a treinar a Seleção Brasileira de Futebol Feminino, em 1991. Também teve uma passagem pelo continente europeu, quando treinou o Nacional da Madeira, de Portugal.

Alla

Mas o treinador é conhecido também pelas passagens em clubes da Arábia Saudita, Qatar, Emirados Árabes Unidos e Bahrein. Ao todo, Zaluar passou cerca de 22 anos no Oriente Médio, entre muitas idas e vindas ao futebol brasileiro.

Para Ederlane Amorim, “essa parceria tem uma grande importância, pois abrirá novos horizontes para o clube e quem sabe no futuro ampliar ainda mais esta parceria”. Ainda segundo o presidente, “será um momento de crescimento não só para estes jovens atletas, mas para nós, que poderemos aprender um pouco mais sobre diferentes culturas”.

Fonte: ASCOM ECPPVC

Comentários