No feminino, Estrela do Sul fatura título do Torneio do Trabalhador de Futsal

Teixeira de Freitas – Chegou ao fim mais uma edição do Torneio do Trabalhador de Futsal na categoria feminina. Com o ginásio praticamente lotado, Estrela do Sul e Oriente fizeram uma final cheia de emoção e rivalidade. Sem dúvida o clássico entre as duas equipes é a maior rivalidade do futsal na região.

Estrela do Sul

A partida começou com o time do Oriente melhor. Com menos de 5 minutos a equipe do técnico Manivaldo tinha criado ao menos duas grandes chances de abrir o placar, tendo inclusive chutado uma bola na trave.

Oriente

Depois do susto inicial, o time do Estrela do Sul acordou e começou a ditar o ritmo da partida. Lorena o nome da final, em grande jogada individual abriu o placar para o time do Estrela do Sul. O segundo gol do Estrela do Sul aconteceu aos 19 minutos do primeiro tempo, de novo com Lorena.

No segundo tempo o jogo ficou mais aberto. As duas equipes foram pra cima e os espaços começaram a aparecer.

Aos 7 minutos, Rebeca diminuiu o placar para o Oriente e colocou fogo na partida para o delírio da torcida.

Não demorou muito para reação do Estrela do Sul e aos 9 minutos, novamente Lorena amplia para 3 a 1.

O jogo ficou emocionante no momento quando Rebeca marca o seu segundo gol na partida e o segundo do Oriente e diminui a partida para 3 a 2.

Mesmo com a vantagem e podendo administrar, o time do Estrela do Sul continuou em cima e aos 13 minutos, Ingrid fez 4 a 2 para o time da técnica Edna. E para fechar a partida com chave de ouro, Drielly aos 19 minutos do segundo tempo, fez 5 a 2 e decretou a goleada e o título para o Estrela do Sul.

Premiação

Campeão: Estrela do Sul, que recebeu troféu, medalhas e R$ 1.000,00 em espécie;

Vice-campeão: Oriente, que recebeu troféu, medalhas e R$ 600,00 em espécie;

Terceiro lugar: Projeto Bola na Rede, que recebeu troféu, medalhas e R$ 400,00 em espécie;

Quarto lugar: Liberdade, que recebeu R$ 200,00 em espécie;

Artilheira: Driely, do Estrela do Sul;

Goleira menos vazada: Angélica Costa (Nanni), do Estrela do Sul.

Por Luan Mota/Esporte na Mídia

Comentários