Neto processará empresário de Pedrinho após acusação de assédio

O irreverente Neto

O ex-jogador Neto prometeu processar o empresário Will Dantas por declarações feitas nesta segunda-feira (22), informou o advogado do hoje apresentador da Band. O agente do meio-campo Pedrinho, do Corinthians, usou as redes sociais para fazer uma acusação de assédio sexual e agressão.

“Ele [Neto] irá adotar as medidas judiciais cabíveis. A manifestação desequilibrada e ofensiva do acusador será inquirida na seara adequada”, disse o advogado Herói Vicente, em entrevista ao R7. O empresário Dantas não foi encontrado pela reportagem até o final do dia.

A briga na internet teria começado depois das críticas no ar do apresentador da Band ao futebol do jogador corintiano. Em vídeo que circula nas redes sociais, o empresário retrucou as críticas ao atleta e ainda disparou acusações como “gordo, ridículo”, que nunca interessou a nenhum clube da Europa. Mais do que isso, contou um suposto caso de assédio e agressão no litoral de São Paulo:

“Conta a história da menina de Maresias, a menina de 15 anos, a sobrinha do Fábio Bope, que você foi assediar a menina, a menina não quis nada com você e você quis bater na menina”, disse Dantas, em meio a outras acusações, sem precisar o ano.

Depois dos comentários ao vivo, Neto escreveu em seu blog que considera Pedrinho “um meio-campista normal”.

“Mas foi eu falar isso na TV para o empresário dele dar um chilique monstro. A ponto inclusive de me ofender publicamente”, escreveu Neto.

Essa não é a primeira polêmica envolvendo Pedrinho e o seu empresário. Na semana passada, Dantas, também pelas redes sociais, deu a entender que o jogador estava de saída do clube depois do vice-campeonato da Copa do Brasil.

Por André Avelar, do R7

Comentários