Messi e Cristiano Ronaldo tiveram 12 companheiros em comum ao longo de suas carreiras; veja lista

Quem é melhor: Messi ou Cristiano Ronaldo?

A resposta desta recorrente pergunta divide as opiniões de torcedores e especialistas, e uma definição provavelmente nunca deverá ser concretizada.

Porém, no fim das contas, nos cabe apenas aproveitar o talento de dois dos melhores jogadores da história do esporte, já que não durarão para sempre.

Cristiano Ronaldo auxilia Lionel Messi durante partida entre Real Madrid e Barcelona Getty

Ao longo das vitórias carreiras dos ”rivais”, 12 atletas tiveram o privilégio de dividir gramados e vestiários tanto com Messi tanto com Cristiano entre seleções argentina e portuguesa, Barcelona, Real Madrid, Manchester United, Juventus e Sporting.

Veja a lista completa dos sortudos:

Gerard Piqué

Revelado ao lado de Messi na La Masia, categoria de base do Barcelona, o zagueiro deixou a Espanha para juntar-se ao Manchester United, da Inglaterra, clube no qual atuou com Cristiano Ronaldo por três temporadas.

Voltou à sua ”casa” e para a companhia do camisa 10 argentino em 2008.

Ezequiel Garay

Além de acumular diversas convocações para a seleção argentina, nas quais esteve ao lado de Messi, o zagueiro, atualmente no Valencia, defendeu o Real Madrid entre 2008-2011, encontrando-se com Cristiano Ronaldo durante o período.

Gabriel Heinz

Heinz é outro zagueiro argentino que teve a oportunidade de representar sua seleção em diversas oportunidades junto a Messi. O canhoto também dividiu vestiários com Cristiano tanto durante suas passagens por Manchester United (2004-2007) e Real Madrid (2007-2009)

André Gomes

Após ser adquirido pelo Barcelona em 2016, podendo, assim, jogar com Messi, André Gomes é um nome constante nas convocações da seleção portuguesa, na qual inclusive conquistou o título inédito da Eurocopa de 2016, ao lado de Cristiano.

Deco, Lionel Messi e Ronaldinho durante partida do Barcelona Getty

Deco

Brasileiro de nascença, Deco naturalizou-se português e defendeu a seleção do país inúmeras vezes, inclusive dividindo o gramado com um Cristiano Ronaldo ainda em início de carreira.

Um dos grandes meio-campistas da história do Barcelona, seu número (20) serviu até como inspiração para a primeira escolha da numeração de Messi no clube catalão – o argentino vestia a camisa 30, que era a soma da camisa 20 de Deco e a 10 de Ronaldinho.

Angél Di María

Atualmente no PSG, o meia mantém uma ótima com as duas estrelas. Além de ter adquirido muito sucesso ao lado do gajo no Real Madrid, é um dos fiéis companheiros de Messi com a camisa albiceleste.

Henrik Larsson

O sueco chegou ao Barcelona em 2004, onde permaneceu por duas temporadas, coincidindo com o primeiro ano de Messi como profissional no clube.

Transferiu-se ao Manchester United em 2006, onde junto ao português, venceu o título da Premier League daquele ano.

Nelson Semedo

Outro português que divide a camisa grená da seleção europeia ao lado de Cristiano, Semedo chegou ao Barcelona no início da última temporada para dividir o lado direito do campo com o argentino.

Fernando Gago

O meio-campista disputou duas temporadas ao lado de Cristiano Ronaldo no Real Madrid. Além disso, é companheiro de Messi na seleção argentina desde os tempos de categorias de base.

Ex-companheiros de Manchester United, Tevez e Cristiano Ronaldo comemoram gol Getty

Carlos Tevez

Ao lado de Wayne Rooney e Cristiano Ronaldo, Tevez fez parte de um dos melhores setores ofensivos dos últimos anos do Manchester United.

Além disso, chegou até a disputar a Copa do Mundo de 2010 ao lado de seu compatriota Messi.

Gonzalo Higuaín

Em diversas competições, foi o centroavante que fez parceria com Messi com a seleção argentina.

Durante suas sete temporadas no Real Madrid, também foi companheiro de ataque de Cristiano em diversas oportunidades.

Paulo Dybala

O jovem argentino é o mais novo integrante do seleto grupo após a ida de Cristiano à Juventus.

Antes disso, já esteve presente em algumas convocações da seleção argentina, quando dividiu responsabilidades com Messi.

Por ESPN.com.br

Comentários