Meia Assis perde pênalti, mas Brusque vence e avança na Copa do Brasil

Brusque bate o Remo (Foto: GIL GUZZO/Eleven/ESTADÃO CONTEÚDO)O Brusque fez história nesta quinta-feira, contra o Remo. Jogando em casa, a equipe conseguiu vencer por 2 a 1, garantindo a classificação inédita para a segunda fase da Copa do Brasil, em uma partida que teve um bom público no estádio e muita emoção. Jonatas Belusso e Ricardo Lobo fizeram os gols do Bruscão, enquanto Zé Antônio descontou. Agora, a equipe do treinador Pingo vai enfrentar o Corinthians, dia 1 de março, também no Estádio Augusto Bauer, enquanto o Remo dá adeus à competição.

Brusque começa melhor, cede empate e perde pênalti

Jogando em casa e precisando da vitória para se classificar, o Brusque começou a partida tomando a iniciativa, aproveitando a desorganização do Remo, que entrou em campo bastante desfalcado, tendo o zagueiro Zé Antônio atuando de volante e o lateral esquerdo Caio de meia. Apesar do maior volume de jogo, o Bruscão só foi assustar mesmo aos 19 minutos, quando Ricardo Lobo recebeu bom passe e parou na defesa de André Luis. Porém, cinco minutos depois, Carlos Alberto achou Jonatas Belusso na área para abrir o placar. O gol fez o treinador Josué Teixeira mudar, tirando Caio para entrada do atacante Jayme. Os visitantes melhoraram, tanto que aos 31 minutos Tsunami acertou a trave. Na sequência, de falta, aos 33, o zagueiro Zé Antônio acertou belo chute e deixou tudo igual. Antes do intervalo, aos 46, a arbitragem marcou pênalti para o Brusque, dando toque de mão de Tsunami na área, mesmo com o braço colado ao corpo. Assis cobrou e André Luis manteve o empate, fazendo bonita defesa.

Ricardo Lobo marca e Bruscão segura classificação

No segundo tempo, o jogo seguia equilibrado, mas, aos 12 minutos, após o zagueiro Henrique ser substituído por provável lesão, que não foi confirmada, Eliomar achou Ricardo Lobo na área e fez para o Brusque. O Leão passou a buscar mais o ataque. Aos 26, Gabriel Lima acertou a trave e, no rebote, Edgar perdeu grande chance. Com o time visivelmente desgastado, o Remo até que tentou o empate, mas não teve forças para furar a defesa do Bruscão, que segurou a vitória e classificou-se.

Por Globoesporte.com

Comentários