Itamaraju estreia na 2ª fase do Intermunicipal com derrota para Eunápolis

itamaraju-3
Seleção de Itamaraju

Itamaraju – Em jogo válido pela 2ª fase do Intermunicipal, a seleção itamarajuense foi a Eunápolis e perdeu para o time local pelo placar de 2 tentos a 1. Em virtude das eleições municipais, o confronto aconteceu neste sábado às 15h no estádio José Araújo de Santana (Araujão). Bem que Itamaraju poderia ter retornado com um empate, porém, mais uma vez o sistema defensivo falhou e como consequência o time eunapolitano aproveitou essas falhas e venceu o jogo.

A partida foi definida nos 17 minutos iniciais. Os gols saíram aos 09 minutos, com Chorinho que abriu o marcador e aos 16, Jocélio empata; aos 17 minutos, Julinho desempata e dá números finais em favor de Eunápolis.

Itamaraju perdeu para um time que embora tenha jogadores de nome, ainda não engrenou no Intermunicipal. Com a derrota a seleção itamarajuense vai decidir em casa (Prado) no próximo domingo (09) com a missão de vencer com pelo menos um gol de diferença o que lhe dará direito de decidir nos tiros livres da marca penal. Vencer com um placar de dois gols seria uma façanha, haja vista que em todas as vezes que marcou, não passou de um gol.

Consoante acima, o time de Eunápolis não mete medo a ninguém, pois vive da mortal bola parada do Nal, jogador nota dez neste fundamento. Ele alça bolas venenosas na pequena área buscando os zagueiros, Rogério, Leleo e Elvis, os quais além de serem altos, saltam muito, complicando demais a defesa adversária.

thumb_750db142623b7848e0361ec126ee1f6d
Seleção de Eunápolis

Para o jogo decisivo no próximo domingo, Itamaraju terá que melhorar tanto defensiva quanto ofensivamente falando, se quiser alguma coisa no campeonato. Trata-se de uma defesa que comete erros por às vezes achar, creio, que seja feio dá chutão e um ataque que não tem um goleador.

Domingo volta o Beto (suspenso por expulsão) que fez falta, porque tanto o Lucas quanto o Danilo seus substitutos não corresponderam. Para complicar ainda mais para o técnico Ailton Pimenta, o Alex Porto foi expulso aos 33 minutos da etapa final, após agredir um adversário que sofreu uma entrada forte do Finho que sequer foi advertido pelo árbitro. Mas para o seu lugar o técnico tem como substituto eventual o Pithula que era titular e perdeu espaço porque segundo informações não gosta de treinar, inclusive o mesmo acabou entrando no lugar do Alberquino para fechar um pouco mais o setor depois da expulsão. Porém, a sua entrada no jogo não significa titularidade na partida de volta.

Itamaraju jogou com: 1-Erikc; 20-Lucas (Danilo), 30-Finho, 40-Jocelio e 60-Celo (Thiago Melo); 05-Alex Porto, 70-Serrote, 89-Breno e 80-Alberquino (Pithula); 25-Thiagão (Gabriel Leal) e Alemão (Herrera). Suplentes: 16-Alecio, 18-Danilo, 19-Herrera, 21-Valber, 23-Thiago Melo, 55-Gabriel Leal, 66-Pithula, 88-Juninho, e 95- Thiaguinho. Técnico: Ailton Pimenta. Preparador Físico: Neneco. Massagista: Nilton César.

Eunápolis jogou com: 01-Aranha; 02-Rodrigo Vivas (Delbala), 03-Elvis, 04-Rogério. 05-Leleo e 06-Igor; 08-Alex Cabeça, 10-Nal, 07-Jerry, 09-Julinho (Berimbau) e 11-Chorinho (Rafael). Suplentes: 12-Pedro Santos, 13-Gago, 14-Parrudo, 15-Jacaré, 16-Tiquim, 17-Ruan, 19-Leon e 21-Real. Técnico: Macos Paulo (Marquinhos). Por Antônio Reis/Os Feras da Bola

Comentários