Ilhéus poderá contar com três equipes no Baianão Série B de 2020

No ano de 2020, a cidade de Ilhéus poderá contar com três times profissionais na disputa do Campeonato Baiano da 2ª divisão. Já circula na internet a manifestação de interesse de três agremiações da cidade para a participação no certame.

ACEJA está desde o ano passado buscando seu registro profissional e deve entrar em competições de base também. (Foto: São José Notícias)

O primeiro a demonstrar vontade de disputar o campeonato foi o ACEJA – Associação Cultural e Esportiva Jorge Amado – que tem um planejamento de estar na Série C do Brasileirão em até 5 anos. O clube aguarda o seu registro profissional para se inscrever na Segunda Divisão.

Time do Barcelona tem projeto ambicioso para o ano que vem. (Foto: divulgação)

Na sequência, o caçulinha da cidade, o Barcelona FC, que já está afiliado à FBF e também apresentou um projeto ambicioso de um centro de treinamento nas proximidades da “Princesinha do Sul”. O clube já conta com um ônibus próprio e é liderado pelo empresário Wellington Nascimento, que tentou manter o mesmo projeto na vizinha Itabuna, mas não obteve êxito.

Dirigentes do Colo-Colo em visita à FBF nesta quarta. (Foto: redes sociais).

Por último, o tradicional Colo-Colo de Futebol e Regatas anunciou na quarta (27), a sua participação na Segundona de 2020, para isso o presidente, Luís Márcio, e o diretor de futebol, Zé Cacá, estiveram com o presidente da FBF, Ricardo Lima, para apresentar o projeto a ser desenvolvido na agremiação no ano que vem. O clube, que foi campeão baiano da 1ª divisão em 2006, está licenciado do futebol desde o fim da Série B estadual de 2018 e voltará na próxima temporada, inclusive, com uma nova marca.

O Estádio Mário Pessoa – que estava praticamente abandonado no início do ano, o que também motivou a desistência do Colo-Colo na Série B deste ano – recebeu intervenções da Prefeitura de Ilhéus há pouco mais de 100 dias, entretanto, as imagens demonstram que o gramado está longe do ideal.

Situação atual do Estádio Mário Pessoa, a foto é do último dia 05 de novembro. (Foto: Web Rádio Regional).

As equipes interessadas na disputa do campeonato, devem sinalizar à FBF o seu mando de campo para poder receber vistorias e eventuais intervenções para a disputa do campeonato que foi adiado para junho do ano que vem.

Outro desafio da cidade é a manutenção dos três clubes num local de aproximadamente 150 mil habitantes. Em Vitória da Conquista, que conta com 350 mil habitantes, até o momento não foi possível manter por muito tempo a presença de mais do que um clube.

Por Diário Esportivo

Comentários