Guerrero viaja à Suíça para se reunir com presidente da Fifa

Punido, Paolo Guerrero se encontrará, nesta terça-feira (22), com o presidente da Fifa Gianni Infantino, para tentar absolver a punição imposta a ele de 14 meses por doping pela Corte Arbitral do Esporte (CAS).

O atacante peruano está acompanhado do advogado Julio Garcia e de Edwin Oviedo, presidente da Federação Peruana de Futebol (FPF).

A Fifa nunca ignorou a decisão do CAS, no entanto, a defesa se mantém esperançosa, pois a justificativa da Corte para a pena de 14 meses foi negligência. Em outros casos, a entidade já suspendeu atletas por seis meses por negligência, período já cumprido por Guerrero.

Segundo o Portal Lance, caso a Fifa não aceite o pedido, a defesa do jogador do Flamengo irá entrar com recurso no Superior Tribunal Federal Suíço, buscando a medida cautelar. Caso seja aceito, o Tribunal tem seis meses para anuncia sua decisão. Enquanto isso, Guerrero estaria liberado para disputar a Copa do Mundo.

No domingo, a FIFPro, Federação Internacional do jogadores de futebol, encaminhou à Fifa uma carta pedindo a liberação de Guerrero para a disputa da Copa do Mundo. A organização espera uma resposta até esta terça-feira.

Por Bahia Notícias

Comentários