Grapiuna vira Barcelona Nordeste com projeto milionário

Um projeto de 5 anos voltado para colocar o clube na primeira divisão do Campeonato Baiano de futebol e um novo nome, Barcelona Nordeste. O projeto é do empresário Weliton Nascimento (foto), da Adilis, uma das maiores empresas de trade marketing da América Latina.

Ele explica a escolha. “Cresci e estudei em Itabuna. Tínhamos interesse no futebol como forma de trazer um pouco de alegria e talvez até boas notícias. O time também tem ficha limpa. Poucos problemas legais. Fácil para evoluir”.

Weliton Nascimento, considerado o maior gestor de futebol da Bahia em 2018

Weliton destaca que a diretoria “fez e continua fazendo adaptações para nos dar mais segurança jurídica”, algo que faltou na parceria com o Colo Colo, de Ilhéus, onde não existiu a mesma preocupação por parte dos diretores.

O primeiro ano

O time vai começar do zero, o que torna a tarefa mais difícil, porém melhor para construir um conjunto de sucesso. Weliton já conversou com alguns clubes que podem ajudar, como o Atlético Paranense e o Vitória da Conquista.

O objetivo do clube era disputar a Segunda Divisão do Baiano, mas o estádio não tinha condições de receber os jogos. “Temos convite formal para disputar a Copa Governador da Bahia, que vale vaga na Série D do Brasileiro”.

Inicialmente, a Adilis vai aportar R$ 200 mil para disputar a copa. “Caso tenhamos outros patrocinadores, faremos um time ainda mais forte. Com a vaga no campeonato brasileiro já teremos um calendário de atividades”.

Copa 2 de Julho

Apesar desta ser a prioridade do Barcelona Nordeste, é possível que o time ainda dispute a Copa 2 de Julho. “Temos o convite, mas ainda não confirmamos. A prioridade será a copa do estado”, explica Weliton.

O elenco será escolhido entre atletas do sul da Bahia, depois começará um trabalho para atrair atletas mais experientes, de até 23 anos, de outros estados. Por enquanto, eles vão trabalhar no estádio Luiz Viana Filho e no campo da AABB.

“Infelizmente, os planos iniciais, de comprar um terreno para construir nosso Centro de Treinamento, não deram certo. Mas ainda é nossa meta conseguir um terreno econômico de 4 hectares para ter um CT à altura”, afirma Weliton.

Investimento fará Barcelona NE time de ponta

Até o final do primeiro período de cinco anos. “Esta é a nossa meta e tenho confiança que chegaremos nela,” afirma o presidente da Adilis, Weliton Nascimento. Ele conta que a previsão de investimento ao longo dos 5 anos será de pelo menos R$ 2.500.000.

Isso, o aportado pela Adilis, além de outras receitas oriundas de sócios-torcedores, ingressos e camisas, apoio de empresas da cidade e da região. Weliton está convicto que a qualidade do projeto vai atrair mais investidores.

“Quando os empresários entenderem se tratar de um projeto muito sério, com certeza teremos muito mais apoio financeiro,” diz Weliton. “O projeto será formalmente empresarial, essencialmente empresarial”.

O Barcelona Nordeste será administrado por Weliton Nascimento, presidente da Adilis; pelo pastor Márcio Cerqueira e por Álvaro Castro, presidente do clube. Weliton lembra a troca de experiências que poderá ter com clubes como o Atlético Paranaense nesta gestão.

Novo uniforme

Investimento fará Barcelona NE time de ponta

A Adilis já criou e está produzindo os primeiros uniformes do Barcelona Nordeste com a Nippo. O mais escuro na foto, em grená e amarelo, é o uniforme principal. O segundo, para jogos fora de casa, é vermelho com detalhes amarelos.

Jogadores do sul da Bahia das categorias abaixo de 18 anos já estão sendo avaliados pelo presidente do clube, Álvaro, no estádio Luiz Viana Filho. Posteriormente, um técnico especializado virá a Itabuna para filtrar os resultados.

“Torcemos para acertar logo nos primeiros movimentos. Sabemos que a primeira impressão é a que fica, por isso o cuidado para identificar bons atletas e uma comissão técnica que possa garantir ótimos resultados nas competições deste ano”, resume Weliton.

Fonte: A Região

Comentários