Flu de Feira anuncia dispensas

A derrota para o Vitória da Conquista no último domingo (24), pela sétima rodada do Campeonato Baiano, custou o cargo de dois integrantes da comissão técnica do Fluminense de Feira. O preparador de goleiros, Maurício Aguiar, e o preparador físico Gabriel Teixeira foram demitidos. No entanto, o presidente do clube José Francisco Pinto, o Zé Chico, bancou a permanência do técnico Chiquinho Lima no comando da equipe para o clássico local diante do Bahia de Feira, marcado para o próximo dia 10, no Joia da Princesa.

“Nós tiramos o Maurício, preparador de goleiros, e o Gabriel, preparador físico. Chiquinho continua no comando do time”, declarou em entrevista ao Bahia Notícias.

Maurício Aguiar era o preparador de goleiros | Foto: divulgação / Flu de Feira

De acordo com o mandatário, o Touro do Sertão vai contratar dois profissionais de Feira de Santana para os dois cargos vagos. Porém, o elenco não será reformulado e nem chegarão novos reforços.

“Vamos com esse elenco que temos aí. Ainda temos chances de classificação. Se ganharmos do Bahia de Feira entramos no jogo. Ainda não tem nada perdido. Vamos buscar os seis pontos na próximas duas partidas”, disse.

Faltando dois jogos para o término da primeira fase, o Flu de Feira ocupa a quinta posição com nove pontos, um a menos do que o Vitória da Conquista que está no G-4. Após o duelo contra o Tremendão, o Touro do Sertão joga última partida desta etapa inicial da competição encarando o Vitória, no Barradão, no dia 17.

O preparador de goleiros Maurício Aguiar chegou ao Flu de Feira no início desta temporada. Ele já trabalhou por cinco anos no Bahia e acumula passagens pelo Vitória da Conquista e pelo mineiro Caldense. Já o preparador físico Gabriel Teixeira também chegou ao Touro do Sertão no início do ano. Ele tem experiências em clubes do Nordeste como Flamengo do Piauí, Treze, River do Piauí e Campinense.

Por Leandro Aragão/Bahia Notícias.

Comentários