Fla planeja estrear casa na Libertadores, mas Maracanã segue nos planos. Veja como está ficando a Ilha

 O Flamengo espera inaugurar sua nova casa em 12 de abril, na partida pela Copa Libertadores contra o Atlético Paranaense. Para isso, voltou a acelerar as obras no estádio da Portuguesa, na Ilha do Governador, Rio de Janeiro.

Serão cerca de 20.500 lugares e o aluguel, renovável, inicialmente é de três anos com a Lusa carioca. A entrega das torres de iluminação sofreu um atraso, mas elas enfim chegaram ao local onde o time mandará muitos jogos nas próximas temporadas.

Mas não será este o palco de todas as partidas dos rubro-negros, pois o Maracanã segue nos planos. O próprio confronto com o Atlético poderá lá acontecer, dependendo dos próximos capítulos da “novela” do estádio de R$ 1,2 bilhão, cujos personagens principais são governo estadual e consórcio encabeçado pela Odebrecht.

De qualquer forma, o estádio da Ilha se aproxima da conclusão. Partidas como a de sábado passado, contra a própria Portuguesa, disputada em Volta Redonda, em breve poderão ser realizadas na nova casa. Com natural expectativa de maior público por serem na cidade do Rio de Janeiro.

Por Mauro Cezar Pereira, do ESPN.com.br

Comentários