Final de semana de muitas emoções e início das etapas de mata-mata na Copa do Vinho de Coqueiro

O amor ao esporte cada vez mais forte! Essa são as palavras de Ivonildo Muniz (Boy), organizador da Copa do Vinho de Coqueiro, que comemora o sucesso da competição que a cada jogo realizado lotam os gramados do campo da comunidade de Coqueiro distrito de Jucuruçu, durante o fim de semana a comunidade foi palco de muitas emoções.

A competição que se tornou um grande sucesso esportivo na região, iniciou a segunda fase com três partidas de mata-mata garantindo a vibração e alegria da comunidade local, o primeiro jogo aconteceu as 09hs de domingo 05 de julho e foi realizado entre as equipes Garotos da Gávea X Entam, apenas um gol foi marcado durante a partida garantindo a classificação da equipe Garotos da Gávea.

Durante a tarde dois jogos foram realizados fechando a rodada de domingo (5) às 13hs Lacoruna X Itamarati, a partida foi de muita tranquilidade para a equipe do Lacoruna por se tratar de uma equipe local que contou com o apoio do público e fez bonito vencendo o jogo por 2×0, com o resultado a equipe do Itamarati se despediu da competição se juntando à equipe do Entam que também foi eliminada durante jogo anterior.

O último jogo foi entre a imbatível Escolinha do Vitoria x Renovação, com os ânimos a flor da pele as equipes foram para o tudo ou nada, a partida decisiva foi um verdadeiro clássico com grandes jogadas criadas por ambas partes e muitas chances de gol desperdiçadas, a equipe do Renovação saiu na frente do placar abrindo o marcador, mas logo sofreu o empate deixando o jogo dramático a equipe do Vitoria jogava por um empate para se classificar e segurou o resultado até o fim eliminando seu oponente.

No próximo final de semana 06 jogos serão realizados, no sábado 11 de julho duas partidas serão realizadas, no domingo quatro jogos fecham a rodada sendo realizados às 08,10, 13 e 15hs, os trabalhos de arbitragem ficam por conta da Adafi e apoio da Prefeitura Municipal de Jucuruçu e garantia de segurança través da Policia Militar.

Por: Henrique Peixoto

Comentários