Felipe Melo relembra final do Paulistão 2018 e diz que Botafogo x Palmeiras deve ser anulado: ‘Se errou…’

No domingo, o Botafogo confirmou que pedirá a anulação da partida contra o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro, por uso indevido do VAR.

E nesta segunda-feira, o volante Felipe Melo afirmou que concorda com uma possível anulação, desde que o erro da arbitragem tenha realmente acontecido.

“Sou partidário de que o o certo é o certo. Se errou…”, disse ele em participação no programa Bem, Amigos!, do canal Sportv.

‘Tivemos um Campeonato Paulista em que existiu interferência externa, para mim teria que ser cancelado o jogo, e não foi”, seguiu ele, fazendo referência ao Estadual de 2018, quando o Palmeiras alegou que o árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza recebeu ajuda de fora do campo para anular pênalti de Ralf e Dudu. Na época, o clube também tentou impugnar a partida.

“Aparecidense x Ponte Preta (Copa do Brasil) foi cancelado por muito menos. Sou partidário do certo é certo. Se tiver de ser cancelado por erro de arbitragem, que seja”, continuou o jogador.

“Não estava (em campo) no momento. Vi a transmissão, cheguei a dar uma risada. Assistindo, parece que o Deyverson se joga. Depois é que mostra a imagem. Eu falei, “Caramba, vai tomar cartão amarelo”. E tomou o cartão, mas depois você vê na imagem que foi pênalti”, descreveu Felipe Melo, falando do polêmico lance contra o Botafogo.

A reclamação da equipe carioca ainda não chegou ao STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva).

A alegação é de que a partida já havia sido reiniciada no momento em que o árbitro Paulo Roberto Alves Júnior decidiu acatar a recomendação do VAR e rever a jogada. A regra 5 da FIFA e o protocolo 8.12 do VAR elucidam que a decisão do juiz de campo não pode ser alterada pelo vídeo após a bola ser recolocada em jogo.

Fonte: ESPN.com.br

Comentários