Felipe Melo pede que áudio vazado seja desconsiderado: ‘Tomei algumas champanhes’

Foto: MARCELLO FIM/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Um áudio, de 1min10s, divulgado no aplicativo para telefones celulares Whats App pode encerrar a passagem de Felipe Melo no Palmeiras. Uma gravação do atleta detonando a relação dele com o técnico Cuca começou a circular na noite da última segunda-feira (31). No conteúdo, o jogador ainda chama o treinador de covarde.

“Aqui não tem jeito, aqui já era. Com esse cara eu não trabalho, entendeu? Esse cara é covarde, mau caráter, enfim, é mentiroso. Ele diz uma coisa, mas liga para a imprensa e fica falando um monte de coisa. Quando eu falar, vou ‘rasgar’ ele no meio”, disse Felipe Melo no arquivo vazado.

O polêmico atleta do Verdão confirmou a veracidade do áudio em entrevista concedida ao canal fechado ESPN Brasil, por telefone, no programa Linha de Passe. Ele contou que estava na festa da esposa, durante o último final de semana, quando fez a gravação. Ele pediu que a gravação fosse desconsiderada. “Tomei algumas champanhes e eu nem lembro direito com quem eu falei. Um dia triste para mim, mas não poderia deixar de comemorar o aniversário dela”, afirmou.

Afastado por Cuca desde a última sexta-feira (28), antes do jogo contra o Avaí, o atleta diz no áudio que alguns dos maiores clubes do Brasil estariam interessados em contratá-lo. “Confesso que agora têm vários clubes interessados. Vários, sabe? Corinthians, Inter, São Paulo, Grêmio, Atlético-MG, Flamengo… Todo o mundo está interessado. Agora, o negócio foi ontem, né? Creio que agora vão começar a clarear as coisas. O presidente lá quer conversar comigo, (o presidente) do Palmeiras. Vamos ver se a gente faz alguma coisa, mas com esse cara eu não fico. Porque a torcida veio contra, então eles estão doidinho, né? Mas vamos ver. Flamengo parece que estamos conversando aí, né? Se o Flamengo realmente quiser esse é o momento, nunca esteve tão fácil”, comentou.

Porém, na entrevista à ESPN Brasil, Felipe Melo negou que tenha alguma negociação em curso com outra agremiação, mas não descartou sua saída do clube paulista. “Não tenho pensado em outro clube que não seja o Palmeiras. Se acontecer de aparecer alguma coisa, vou pensar, pois tenho que trabalhar”.

O diretor-executivo do Flamengo, Rodrigo Caetano, também negou o interesse do clube no atleta. “Neste momento, não há nada. Temos amigos em comum, ele tem grande história no futebol e no Flamengo. Quando observamos, olhamos número de atletas, mercado, questão financeira. Nada foi ventilado até o presente momento. Por isso, hoje não temos nada sobre o Felipe Melo”.

Apesar do mau estar causado, Felipe Melo disse que vai se reapresentar normalmente ao clube, nesta terça-feira (1º). “Eu sou empregado do clube, amanhã vou me reapresentar e fazer o meu trabalho. Quero fazer história no Palmeiras, vou me reapresentar, treinar, estou à disposição. Sou empregado do Palmeiras”.

Por Bahia Notícias

Comentários