Dois jogos complementando a 1ª rodada do Campeonato Itamarajuense de Futebol

O domingo, 04/06, em complemento à primeira rodada, o Barbosão foi palco de mais dois jogos válidos pelo campeonato municipal da primeira divisão. Estiveram em ação as seguintes agremiações, pelo grupo “A”, Juventus 2 x 2 São Domingos; enquanto que na partida de fundo pelo grupo “B”, Pau D’alho 1 x 1 Bomba.

O confronto da preliminar alternou momentos bons (quando saíram os gols) e outros terríveis, principalmente por parte do Juventus, este que é o maior detentor de títulos do futebol itamarajuense. Claro que os tempos são outros, mas, trata-se de um clube que toda vez em que se inscreve para uma determinada competição, o mesmo gera muita expectativa ao torcedor de modo geral. Quanto ao São Domingos, este que vem sendo representado por um clube do município de Itabela, mais precisamente do Distrito de Montinho pelo segundo ano consecutivo não temos muito o que falar não.

Foi um jogo que, consoante narramos acima, em determinados momentos mais parecia um baba, tais eram os erros de passe, furadas, etc. Em resumo, são duas equipes carentes de bons reforços, até porque senão o fizer (contratações), estarão em situação complicada na competição, haja vista que estarão em ação novamente no domingo vindouro e se forem derrotas, irão para a última partida lutando apenas para não cair. Gostaria de estar aqui enchendo a bola da rapaziada, porém, deixo para o próximo compromisso dos dois, quem sabe.

Finalizada a primeira rodada, a situação do grupo, “A”, é a seguinte: Cafenorte 03 pontos; Juventus 01 ponto; São Domingos 01 ponto e EMTAN 00 ponto.

Foto: Facebook/Reinan Magalhaes

No próximo domingo jogam, EMTAN x São Domingos, enquanto que na partida de fundo o Cafenorte encara o Juventus. Lembrando, não como primeiro colocado ainda, mas se vencer, o Cafenorte estará classificado.

Juventus jogou com: Doval; Gerbe (Alisson Maia), Paulo Henrique, Joilson e Thiaguinho; Washtinho (Diego Topeira), Seco, Kell (Gegê) e Henrique; Alan (Grande) e Matheus Xavier (Zoi).Suplentes: Reinaldo, Alisson Maia, Gegê, Grande, Zoi e Diego Topeira. Os gol foram marcados por Henrique, aos 39 1ºt. e aos 49 2ºt. Técnico: Nem.

São Domingos jogou com: Toya; Marcinho, Vei, Leo e Rogerio (Junior); Itaoca, Natal, Janio (Com) e Erick; Careca e Boi. Suplentes: Ricardo, Junior, Com e Wellington. Os gols foram marcados por Itaoca, aos 25 1ºT e Boi aos 29 2ºT. Técnico: Edmilson.

Arbitragem: Árbitro Central: Heliomar Dias Santos – LFI; Assistente 01: Firmino Rodrigues – LFI; Assistente 02: José Norberto Leal – LFI e 4º Árbitro: Lenilton Amorim Santos / FBF.

Jogo de fundo

O jogo de fundo, entre Pau D’alho e Bomba valido pelo grupo, “B” (da morte), era aguardado por muita expectativa, pois são equipes que desde suas estreias na elite, sempre vieram recheadas de bons valores, principalmente o Alho.

Diferentemente da preliminar, as equipes vieram com uma postura bem mais organizada dentro do campo por terem jogadores mais gabaritados, porém, se esperava muito mais devido ao nível técnico de ambas. Ao meu ver faltou um pouco mais de vontade de vencer.

Talvez o Alho tenha tido até maior posse de bola, mas isso se resumia apenas a cancha defensiva. O Gil com o seu companheiro de zaga, o Kaique, tocavam a bola entre si, ora com seus laterais e volantes, acionando pouco o seu ataque, cujo era formado por Arthur e Popô, dois goleadores.

Já o Bomba, talvez tenha entrado com medo de perder, haja vista que entrou em campo sem nenhum atacante de oficio. Pela escalação abaixo, você que por ventura não foi ao estádio há de concordar com a nossa colocação. Nos pareceu medroso o Danilo, pois ele tinha no banco o jovem artilheiro da 2ª divisão que fora seu atleta pela ONG AMAR. Estamos falando do garoto Guilherme.

Foto: Danilo Ribeiro/Bomba

Como a vontade de ganhar tira o medo de perder e vice-versa, o Danilo sacou vários jogadores do meu campo no segundo tempo e colocou atacantes consertando assim a sua equipe. Trouxe o Tripa para onde ele atua melhor para auxiliar o Mateus na armação do meio campo, consequentemente a bola chegou na frente e como resultado empatou a partida.

Finalizada a primeira rodada, a situação do grupo, “B”, é a seguinte: Vila Nova 03 pontos; Bomba 01 ponto; Pau D’Alho 01 ponto e Vitória 00 ponto.

Pau D’alho jogou com: Elton; Serrote, Kaique (Du), Gil e Misgué; Bispo, Breno, Rone e Caio; Arthur e Popô (Zé Rocha). Suplentes: Zé Rocha, Du, Joabson, Tina e Reinan.

O gol foi marcado por Arthur, a 1 2ºt. Técnico: Thiago.

Bomba jogou com: Vini; Piano (Rhica), Dune, Bebeto (Lan) e Marco Aurelio; Vitamina (Guilherme), Negon (Preto), Matheus, Bruno, Fael (Coutinho) e Tripa. Suplentes: Rhica, Lan, Caboclo, Preto, Coutinho e Guilherme. O gol foi marcado por Coutinho, aos 35 2ºt. Técnico: Danilo.

O grupo “B”, folgará, retornando no dia 18/06.

Arbitragem:

Árbitro Central: Uelton Bispo – FBF

Assistente 01: Benivaldo Bonfim / FBF

Assistente 01: Alex Alan Santos / ASP – FBF

4º Arbitro: Dorival Ilário dos Santos / FBF

Por Antônio Viana.

Comentários