Definidos os classificados para a fase de grupos do Campeonato Municipal da 2ª divisão de Itamaraju

 Itamaraju – Corujão e Urbis II foram palcos dos jogos de volta da segunda fase do Campeonato Municipal da 2ª divisão, cuja rodada, além de definir as seis equipes classificadas para a fase de grupos teve ainda a maior média (3,83) de gols da competição.

Apenas Construtora Lima em jogo realizado na Urbis II e Itamaraju no confronto do Corujão conseguiram reverter o placar adverso do jogo de ida. A primeira que havia perdido no domingo passado para o Cruzeiro por um tento a zero, desta feita venceu por três a dois e se classificou nos tiro-livres da marca do pênalti. Enquanto que a segunda, o Itamaraju protagonizou a façanha de derrotar o Trevo do Parque pelo mesmo placar do jogo anterior, ou seja, três tentos a um e também se classificou nos pênaltis.

Pela manhã, o Real Atlético que vencera a AMBAM por quatro tentos a um foi a campo e procurou administrar, porém saiu derrotado por um tento a zero num jogo muito aquém do anterior, cujo placar saiu de quatro tento a um. O jogo foi marcado por algumas confusões protagonizadas principalmente por alguns torcedores.

Real Atlético jogou e perdeu com: Negão; Danilo (João Gabriel), Zubu, Guilherme e Marcos Paulo; Pithula, Diego Oropa, Rafael (Sandrinho) e Thiaguinho; Barichelli e Vini. Suplentes: Rodrigo, Vinicius, João Gabriel, Rafael Castor, Vinicius Felipe e Pagode. Técnico: galego. Massagista: João Stuart.

Ambam jogou e venceu com: Vini; Marquinho, Uelton, Caio e Flávio; João Experiente, Bell (Marcelo), Leandro e Jocélio; Charles e Xuxu. Gol: O gol foi marcado por Charles.

Suplentes: Sandrão, Bell e Matheus. Técnico: Fineias Messias.

No jogo das 13h, o Itamaraju dominou amplamente as ações e abriu o marcador com menos de dois minutos e aos três já vencia por dois tentos a zero, placar suficiente para levar a decisão para os pênaltis. Porém, não se deu por satisfeito não e ampliou para três a zero no segundo tempo, placar que lhe dava a classificação direta; mas, o Trevo do Parque descontou aos trinta e três minutos levando a decisão para os pênaltis.

Trevo do parque jogou e perdeu com: Toya; Jhef (Romário), Alex, Flávio e Arajauí; Joab (Peixe), Cássio, Tico (Irati) e Aritan; Matheus e Iury. Gol: Alex. Suplentes: Sisnaldo, Marcelo, Romário, Peixe e Irati. Técnico: Pedro.

Itamaraju jogou e venceu com: Daniel (Pablo); Jhonata, Paulo Henrique, Douglas e Thiaguinho; Pretinho, Seco, Gabriel Miranda e Gabriel Leal; Matheus Xavier e Grande.

Gol: Os gols foram marcados por Jhonata, Gabriel Leal e Grande. Suplentes: Pablo, Pedinha, Willian, Henrique, Daniel Kintino, Marquinhos, Alisson Cavalo, Carlinho e Alex. Técnico: Ailton. Aux. técnico: Valdecy Pinto. Massagista: Cezar.

Finalmente o jogo de fundo. Este foi marcado pela maior goleada do campeonato até agora, onde a Ong Amar atropelou o Cruz do Ouro pelo placar de nove tentos a zero, com destaque para Herrera que anotou quatro gols. O Cruz do Ouro que havia perdido no jogo de ida por quatro tentos a um, desta feita bastante desfalcado foi humilhado pelo seu adversário. Todavia, há que se destacar a atitude do time perdedor, principalmente o seu treinador, o Crispim, que mostrou esportividade e jogo limpo. Antes de adentrar ao campo de jogo disse aos seus atletas: sabemos da dificuldade para conquistar a classificação, mas vamos jogar futebol, sem dá um pontapé em ninguém. Esse exemplo do Crispim serve como ensinamento para alguns dirigentes agitadores que andam por aí. A você Crispim e equipe, parabéns pela postura. Perde-se o jogo, mas não perde a compostura.

Cruz do ouro jogou e perdeu com: Luan; Nego, Max, Camacan (Paulista) e Nando; Cleber, Janildo, Weverson e Luiz Matheus (Leandro); Caíque e Leleo. Técnico: Crispim.

Ong amar jogou e venceu com: Rogerio; Tales (Bruno), Bagude, Finho (Gege) e Juninho (Marco Aurélio); Negon, Caboclo, Tripa e Lucas; Herrera, Adrianinho (Guilherme). Gol: Os gols foram marcados por Herrera (4), Bruno (2), Guilherme (1), Negon (1) e Lucas.

Suplentes: Guilherme, Gege, Marco Aurélio, Paulo Vitor e Bruno. Técnico: Dão.

Classificaram-se seis equipes as quais formarão três grupos de três. São elas: Ong Amar, Real Atlético, Itamaraju, São Caetano, Vila Verde e Construtora Lima.

A equipe Os Feras da Bola de forma inédita, narrou jogos do Campeonato Municipal promovido pela LFI.

Por Antônio Reis/Os Feras da Bola

Comentários