Cristiano Ronaldo, aos 33 anos, massacra Pelé com a mesma idade na artilharia

Cristiano Ronaldo sob os olhares de Pelé no prêmio Bola de Ouro da Fifa de 2013 Getty

Cristiano Ronaldo entrará em campo nesta quarta-feira, às 15h45 (de Brasília), contra a Juventus, pelas quartas de final da Champions League, com 33 anos. Desde que atingiu a idade, o português do Real Madrid tem média de dois gols por jogo, uma marca que nem mesmo Pelé conseguiu nessa fase da carreira.

Ronaldo completou 33 anos no último dia 5 de fevereiro, há pouco mais de dois meses. De lá para cá, entrou em campo dez vezes e marcou impressionantes 20 gols – incluindo os dois que marcou na vitória por 3 a 0 na partida de ida contra a Juventus, que deixa o Real mais tranquilo nesta quarta.

Já Pelé, depois dos 33 e até completar 34, como Ronaldo fará em 2019, fez 55 partidas, ainda atuando pelo Santos, mas marcando apenas 30 vezes, para uma média de 0,54 tento por jogo.

Considerando todos os anos seguintes de carreira de Pelé após os 33, incluindo sua passagem pelo New York Cosmos, dos Estados Unidos, entre 1975 e 1977, a média de gols até melhora um pouco, mas não se aproxima do momento de Ronaldo: 0,56, com 93 tentos em 165 partidas.

Segundo os números oficiais, a média de gols da carreira de Pelé foi de 0,93 gols por jogo, com 1.285 bolas na rede em 1.375 aparições. Até os 33, a marca era 0,98 (1188 tentos em 1202 partidas).

Já para Cristiano Ronaldo, a média da carreira é de 0,72 gols por partida, tendo marcado 650 vezes em 903 jogos. Só que, em seu caso, o número a partir dos 33 sobe – antes, era 0,70 por duelo.

Com Ronaldo em campo, o Real joga podendo até perder por dois gols de diferença para a Juventus, no Santiago Bernabéu, para avançar às semifinais da Champions – que já têm Roma e Liverpool.

Por ESPN

Comentários