Conquista celebra classificação, pensa no Vitória e avisa: ‘A história nos deve um título’

por Matheus Caldas

O Vitória da Conquista conseguiu uma classificação heroica na última quarta-feira (6), ao segurar o empate por 0 a 0 com o Jacuipense, fora de casa. Com vaga assegurada  na semifinal, o presidente do clube, Ederlane Amorim, admitiu o alívio e comemorou.

“Estamos comemorando e ‘ressaqueados’ com essa classificação. Foi muito importante. As coisas se encaminharam bem. Com a segurança do placar da Juazeirense [triunfo por 4 a 1 sobre o Bahia de Feira], a estratégia foi realmente de segurar o resultado. Foi acertado. Estava muito equilibrado e terminamos com 15 pontos. Mostrou o equilíbrio dos times do interior”, analisou, em entrevista ao Bahia Notícias.

Agora, o foco do Bode será o Vitória, adversário na próxima fase da competição. “Já estamos nos planejando para pegar o Vitória. Vamos viver o Vitória. Existe um abismo, tenho que admitir isso. Atualmente, é o melhor time do Brasil a nível de aproveitamento. Sabemos da dificuldade que vamos encontrar. Mas já passamos para o grupo ontem. Temos tudo menos que o Vitória. Mas, pelo menos a motivação, tem que ser maior que a deles. É nesse aspecto que buscaremos surpreender eles”, pontuou.

No fim, Ederlane decretou o sonho conquistense. “A história nos deve um título. Quem sabe é esse ano, né?”, concluiu.

O primeiro jogo será realizado no Lomanto Júnior, no dia 16 deste mês. O horário do duelo ainda será definido pela Federação Bahiana de Futebol (FBF).

Comentários