CBF não toma ação que podia tomar há mais de um ano e vai desfalcar clubes no Brasileiro

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não deverá ter tempo hábil para pedir que os jogadores na lista de suplentes para o Mundial na Rússia possam atuar na rodada do próximo fim de semana do Brasileirão. Com isso, os atletas terão de cumprir o descanso exigido pela Fifa até domingo (27).

A entidade recorreu a Marcos Motta, advogado especializado em direito esportivo internacional, para analisar se há alguma possibilidade de reverter a situação.

Pelos documentos divulgados nos últimos meses pela Fifa, a CBF não tem como ganhar a causa.

Afinal, qualquer solicitação para os jogadores atuarem durante o período estipulado (21 a 27 de maio) terá que ser apreciado pelo Conselho da Fifa.

Segundo a ESPN, o coordenador de seleções, Edu Gaspar, tentou como alternativa anunciar os 23 convocados, para que assim, a lista dos suplentes não precisasse ser divulgada e os 12 em espera não teriam que descansar nesse período.

No entanto, tempo foi o que a CBF teve de sobra para pedir a exceção. Em março de 2017, a secretária-geral  da entidade máxima do futebol, Fatma Samoura, enviou um reporte com a seguinte informação: “Exceções especiais só devem ser avaliadas pelo Conselho da Fifa”. Essa situação estava descrita no regulamento geral da Copa.

A Conmebol, então, enviou para a reunião do Conselho da Fifa em março de 2018 seu pedido de liberação de jogadores para as partidas de Libertadores e Copa Sul-Americana durante o período de descanso. Em maio, a entidade sul-americana enviou um comunicado as confederações confirmando a liberação dos atletas que estavam na lista de 35 nomes para a Copa do Mundo.

Um grande exemplo é a final da Liga dos Campeões que acontece neste sábado (26). A Uefa pediu com antecedência para que os jogadores que disputarão a partida estivessem liberados.

Caso haja o descumprimento do descanso, a CBF será punida. Dudu, por exemplo, foi poupado contra o América-MG nesta quarta-feira (23), pois está na lista dos suplentes de Tite.

Por Bahia Notícias

Comentários