CBF anuncia mudanças no Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino

imagem_noticia_5A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), anunciou uma reformulação no Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino 2017. Sem a realização da Copa do Brasil, o investimento será em um torneio com duas divisões de 16 times.

Além das duas divisões, seis vagas da elite serão reservadas para os chamados “times de camisa”, onde os clubes masculinos poderão criar versões femininas de suas equipes. O critério será baseado na classificação da Série A.

Já estão confirmados o Flamengo, campeão brasileiro, e o Audax/Corinthians, campeão da Copa do Brasil. Além deles, os oito primeiros do ranking, que ainda será divulgado, também tem vaga garantida na primeira divisão.

Pela primeira vez, o Brasileiro Feminino terá uma segunda divisão, também com 16 equipes, definidas, em 2017, a partir do ranking nacional. A partir de 2018, os clubes serão apontados pelos estaduais. Terão vaga os dois times que forem rebaixados da Série A1, o campeão estadual da federação líder do ranking (provavelmente São Paulo), mais 13 campeões estaduais que virão de uma seletiva mata-mata entre os 26 vencedores restantes.

A CBF divulgou que custeará tudo nas duas divisões do Campeonato Brasileiro Feminino, com passagens aéreas ou de ônibus (dependendo da distância), hospedagem e alimentação.

Fonte – Bahia Notícias

Comentários