Brasileirão pode ter o seu ‘pior’ artilheiro da história dos pontos corridos

gabriel-jesus-robinho-300x200Apenas 11 gols em 29 rodadas disputadas. Esta é marca dos artilheiros do Brasileirão 2016 até agora.

Gabriel Jesus, do Palmeiras, e Robinho, do Atlético Mineiro, são os líderes do ranking neste momento. Diego Souza, do Sport, Fred, também do Galo, Sassá, do Botafogo, Vitor Bueno, do Santos, e William Pottker, da Ponte Preta, com 10 cada, também brigam pelo topo.

Em 2015, passado o mesmo número de jogos, Ricardo Oliveira, do Santos, já era o goleador com 17. Terminou o campeonato com 20.

Caso os atacantes não melhorem a média de gols, o Brasileiro pode ter o seu pior artilheiro da era dos pontos corridos. Desde que a competição adotou este formato, em 2003, o jogador com menos gols a se tornar goleador foi Souza, pelo Goiás, em 2006, que balançou as redes 17 vezes.

A última vez que um jogador se sagrou artilheiro do Brasileirão com 11 gols foi o atacante Charles, do Bahia, em 1990. Desde então, ninguém fez tão poucos gols e terminou o campeonato no topo da estatística.

Artilheiros do Brasileiro nos pontos corridos

2003 – Dimba (Goiás) – 31 gols

2004 – Washington (Atlético-PR) – 34 gols

2005 – Romário (Vasco) – 22 gols

2006 – Souza (Goiás) – 17 gols

2007 – Josiel (Paraná) – 20 gols

2008 – Keirrison (Coritiba), Kléber Pereira (Santos) e Washington (Fluminense) – 21

2009 – Adriano (Flamengo) e Diego Tardelli (Atlético-MG) – 19

2010 – Jonas (Grêmio) – 23 gols

2011 – Borges (Santos) – 23 gols

2012 – Fred (Fluminense) – 20 gols

2013 – Ederson (Atlético-PR) – 21 gols

2014 – Fred (Fluminense) – 18 gols

2015 – Ricardo Oliveira (Santos) – 20 gols

Por Lancenet

 

 

Comentários