Beira Rio goleia e Liberdade/AMV apenas empata na estreia do Municipal 1ª divisão

Beira Rio

Teixeira de Freitas – Na tarde deste sábado, dia 01/04, aconteceu a abertura do Campeonato Municipal de Futebol Primeira Divisão. Antes de a bola rolar houve a cerimônia de abertura com a execução do Hino Nacional e Hino Oficial de Teixeira de Freitas.
A diretoria da Liga de Futebol junto com a secretaria de esportes disponibilizou guarda municipal, ambulância e técnicos de enfermagem que estiveram à disposição para qualquer eventualidade.
O estádio municipal Tomatão recebeu um bom público para a abertura da competição. A diretoria da Liga de Futebol programou dois para a rodada inicial que aconteceu sem nenhuma anormalidade.

Grêmio

No primeiro jogo do dia, Beira Rio e Grêmio fizeram uma partida de muitos gols: 7 no total. A partida teve início por volta das 15h30. Logo aos 2 minutos o Beira Rio abriu o placar com o lateral-direito Rafael. Depois do gol, o time do Grêmio acordou para o jogo e foi pra cima em busca do empate. O atacante Walas do Grêmio perdeu pelo menos duas grandes chances de empatar a partida. Atrás no placar, o Grêmio se lançou ao ataque e deixava espaço na sua defesa para o contra-ataque. Aos 41 minutos, justamente em um contra-ataque, o árbitro Marcos José marcou pênalti a favor do time do Beira Rio. O volante Robalo cobrou e converteu fazendo 2 a 0 para o Beira Mar. Dois minutos mais tarde, aos 43 minutos, o meia Cássio recebeu a bola do lado esquerdo do ataque e percebeu o goleiro Toninho adiantado e tocou por cobertura fazendo um golaço: 3 a 0 para o Beira Rio, placar este do primeiro tempo.
Aos 15 minutos do segundo tempo, Erick amplia para o Beira Rio: 4 a 0. Já com a vitória praticamente concretizada, o Beira Rio apenas cadenciava o jogo. Já o Grêmio veio cheio de mudanças para o segundo tempo na tentativa de uma reação. Até que fez o seu primeiro gol através do atleta Flávio. Já no finalzinho Gabriel fez o segundo do Grêmio. O time do Grêmio ainda perdeu um pênalti. Já nos acréscimos, novamente Erick recebeu passe e sozinho driblou goleiro e fez o quinto do Beira Rio. Placar final 5 a 2 para o Beira Rio. A partida teve como árbitro central: Marcos Jose A. Franco; Assistente 1: Jaerly Roseno; Assistente 2: Arilton; Árbitro Reserva: Neto Launeto Santos.

Botafogo

No segundo jogo, Liberdade/AMV e Botafogo fizeram um grande jogo. O Liberdade/AMV através da sua diretoria montou um elenco recheado de grandes jogadores de Teixeira de Freitas e região. Já pelo lado do Botafogo, alguns jogadores veteranos fazem parte do seu plantel, a exemplo de Robertinho, do zagueiro Rogério e do goleiro Genilson.
O Botafogo começou melhor na partida com mais posse de bola, porém não transformava essa superioridade em chances. Aos poucos o Liberdade/AMV melhorava na partida até tomar conta do jogo. Baratinha, Juninho e Beto de Helvécia eram os jogadores que mais davam trabalho a zaga do Botafogo. O primeiro tempo terminou com a vitória do Liberdade/AMV por 1 a 0, gol marcado por Beto de Helvécia, em chute de longa distância que o Genilson não conseguiu chegar na bola.
No segundo tempo, o Botafogo do técnico Deivinho foi em busca do empate e passou a jogar de igual para igual para o Liberdade/AMV. De tanto insistir, o Botafogo conseguiu o empate através de Guache. O jogo a partir daí ficou aberto com chances dos dois lados, porém nenhum dos dois fez o segundo gol e o placar final ficou mesmo no empate em 1 a 1.

Liberdade/AMV

O árbitro central foi Reginaldo Regi. Assistente 1: Karlos Ferreira; Assistente 2: Alex Marques; Árbitro Reserva: Edilson Rosa (Bruce).

Por Luan Mota/Esporte na Mídia

 

Comentários