Atual campeã, Eunápolis goleia seleção de Canavieiras e vem forte para a oitavas de final

Seleção de Canavieiras

Após perder por 4 x 3 o primeiro jogo contra Eunápolis dentro de casa no estádio Pedro Menezes, a seleção de Canavieiras voltou neste último domingo para mais uma grande partida onde foi eliminada.Com um cenário nada favorável, pois além de estarem jogando fora de casa mesmo com o apoio dos seus torcedores que se fizeram presentes, as chances de se classificar eram remotas devido o grau de dificuldades que era jogar na casa do adversário. Quatrocentos e doze (412) torcedores se fizeram presentes no estádio Araujão.

Seleção de Eunápolis

A partida começou bastante movimentada, aos 10 minutos surgiu à primeira jogada de perigo para Eunápolis. Canavieiras chegou à área com Aldo que disputou a bola com a defesa eunapolitana, mas viu a bola ser afastada da grande área pelo zagueiro Alex não se importa de joga feio. O elenco canavieirense não teve a presença de Flavinho que sofreu uma entorse no joelho da perna direita e também de Romário que por motivos pessoais não foi ao jogo.

Uma partida com todos os ingredientes! Apesar do time visitante ter que marcar 2×0 para que pudesse passar a próxima fase, os jogadores não se entregaram e com muita garra conseguiram suportar o ímpeto dos donos da casa. Aos 36 minutos do primeiro tempo em um pequeno vacilo, Tino abriu o placar para Eunápolis, oito minutos depois o atacante Rafael aproveitou um cruzamento do lado esquerdo de ataque para fazer o primeiro dele na partida o segundo da sua equipe, decretando o placar final do primeiro tempo.

Na volta para o segundo tempo Eliu Matos fez alguns ajustes na esquipe como posicionamento e marcação na saída de bola do adversário, mas aos 8 minutos do segundo tempo uma jogada do lado esquerdo de ataque deixou Luquinha livre para marcar o terceiro da favorita ao título da competição. Algumas substituições foram processadas na seleção de Canavieiras com as entradas do atacante Índio, e de mais uma meia o jovem Gustavo. Canis tinha na arquibancada o apoio da sua pequena torcida. Canavieiras voltou a levar alguns perigos para a meta do goleiro Jú com dos experientes Rogério e Hudson, mas aos 37 minutos do segundo tempo novo vacilo e Brener fez o quarto decretando a goleada. O treinador Eliu ainda fez mais duas substituições mas ficou no que estava. Eunápolis segue viva ruma ao Bicampeonato da competição, enquanto Canavieiras terá pela frente a certeza de que é possível buscar a vitória independente das circunstâncias.No final, em entrevista o treinador Ratinho disse que para ele o time visitante mostrou ser um time perigoso, pois um elenco que não teve investimentos não se entregou lutando o tempo todo. Segundo ele, o exemplo foi dado na primeira partida, quando mesmo após tá perdendo de 3×0, o garotos souberam buscar a reação quando fizeram 3 gols e ainda perderam um pênalti na partida.

Eunápolis: Ju, Washington, Fabrício, Alex e Ninho Malhada – Draid, Batata (Nielton), Taylon (Clemilton) e Tino – Rafael e Luquinha.

Canavieiras: Cassinho, Kaike Duarte (Fernando), Marcio Bolinha, Cocota e Gabriel Pranxana – Hudson, Kevinho, Dieguinho (Indio) e Rogério (Gustavo), Negueba (Kaike Carvalho) e Aldo.

Gols: Tino 36 e Rafael 44 minutos do 1º Tempo; Luquinha 8 e Brener aos 37 minutos do 2º tempo.

Por Cannes News

 

Comentários