Após saída da Ponte, teixeirense Zé Roberto deve permanecer no futebol paulista

Zé Roberto teve poucas chances de defender a camisa da Macaca no último Brasileirão (Foto: Fábio Leoni / PontePress)

O atacante Zé Roberto, apesar de ter contrato válido para ficar na Ponte Preta ao menos até o encerramento do Campeonato Paulista, acertou sua saída do clube paulista. Foram apenas cinco jogos com a camisa alvinegra, sendo que apenas um – justamente o último do Brasileiro, contra o Coritiba – como titular. Nos demais (Atlético-MG, Cruzeiro, Sport e Botafogo), saiu do banco para atuar.

Artilheiro do Bahia nas categorias de base, Zé Roberto é um atacante extremamente qualificado, excelente finalizador. Natural de Teixeira de Freitas foi promovido ao elenco de profissional pela primeira vez em 2013 com o técnico Cristóvão Borges. Chegou à Ponte como uma alternativa tática a pedido do técnico Eduardo Baptista.

Do meio para frente a Macaca perdeu o meia Thiago Galhardo e os atacantes Léo Cereja, Roger, Felipe Azevedo, Wellington Paulista, Zé Roberto e Rhayner. Em contrapartida, a Ponte anunciou as contratações de dois jogadores de ataque: Erick Salles (ex-Bragantino) e Ramon (ex-Brasil de Pelotas). Mesmo assim, é fato que a Alvinegra precisará de mais jogadores para o setor, seja no meio, para armar o time, ou no ataque, com poder de finalização, principalmente se perder Pottker.

De acordo com empresários que cuidam de sua carreira, ele ficará no futebol de São Paulo, mas não será na Macaca.

Com informações Globoesporte.com

 

Comentários